QUANTO TEMPO E RECURSO DE SUA EMPRESA VOCÊ DEDICA AO FACEBOOK?

Você acha mais importante ter presença digital na fanpage e por isso não investiu (e nem investirá) em seu blog ou site!

Concordo com você que a rede social que mais bomba no momento, (Facebook) gera bons negócios e pode até dar algum retorno a você, mas com essa postagem, que a propósito está em nosso blog vamos ressaltar alguns detalhes e tentar provocar algumas uma reflexões sobre esse assunto.

Acompanhe, comente e se for o caso, compartilhe com seus amigos…

1

É fato consumado que o nosso querido Facebook tem (sérios) problemas no quesito privacidade. Chame o Google e faça uma busca por algo como “Falta de privacidade no Facebook”, Quando fiz a busca, houve perto de 10.700.000 resultados sobre o tema.

Vai lá…eu espero você voltar…

E ai? O que importa disso tudo é que todos sem exceção gostamos de alegar nosso direito a privacidade. E sim, privacidade é algo importante e que deve ser levado a sério, não importa se para seu perfil pessoal ou para sua fanpage comercial.

Sempre recomendamos que do ponto de vista comercial, você não use endereços gratuitos ou genéricos para sites e blogs. Ora, o Facebook é um endereço genérico, pois é um serviço de terceiros, aberto e gratuito. Você tem uma concessão para utilizá-lo.

As regras gerais de funcionamento  são ditadas pelos gestores do serviço assim, as regras são alteradas ao sabor da administração. Você como um empresário deve ter notado e lido sobres os novos formatos de fanpages, alteração de prioridades nas timelines, entre outras mudanças recentes.

Já ouviu falar do Orkut?

Lembre como por anos ele liderou o mercado de redes sociais e de repente, puf…acabou.

Se isso acontecer com o Facebook, todo investimento, material, postagens escritas diretamente na fanpage vão para o limbo e seu investimento vai de carona com ele.

2Será que todo seu público está no Facebook?

Existem vários motivos para usuários estarem ou não utilizando o “Face”.

Pode ser meramente por preferência pessoal, em detrimento de alternativas como G+, Linkedln, Twiter, Pinterest, Instagram e outras…

Quando você opta ficar apenas com uma fanpage do Facebook ao invés de um site/blog, que por sua vez pode gerar conteúdo para todas as redes sociais, você pode estar deliberadamente abrindo mão de uma fatia do mercado que cabe a sua empresa.

Toda empresa que tem um site ou blog, sempre vai ter condições de  demonstrar mais profissionalismo e confiança. Ou você nunca viu uma página “Fake” no Facebook?

3

Sabemos que os conteúdos postados diretamente no Facebook apresentam algumas dificuldades em serem indexados por motores de busca.

Além da tradicional limitação de não poder posicionar imagens conforme sua preferência nem utilizar links que permite guiar seu leito por um material mais complexo.

Além disso, quando você tem um blog bem estruturado, ele está a um passo de se tornar um site. Basta que você adicione, por exemplo, uma página de produtos, um formulário de contato, um como chegar, um chat on-line.

4Você usando o Facebook já se deparou em sua timeline por conteúdos que não gosta, ou que de alguma forma acha ofensivo ou inadequado? Pois é..

Reparou também que não aparecem fotos de mulheres amamentando?

Isso por que o mecanismo do Facebook deleta este tipo de imagem automaticamente pois classifica como ofensivo. Mas muitas coisas que são ofensivas como fotos de acidentados, continuam circulando por um tempo, até que finalmente alguma providencia seja tomada.

Quando você for proprietário do seu próprio Blog, lá só entrarão conteúdo que você permitir. Isso é bacana pois mantém o nível do trabalho bem acima da média.

5Antes de falar sobre isso, leia o conteúdo que está nessa página. Ah você deveria ter lido isso antes de criar seu perfil ou fanpage. Não se culpe, eu também não li, mas para criar, concordei.

Link externo 

https://www.facebook.com/legal/terms

Leu? E agora, o que acha?

Trocando em miúdos, especificamente o item 2.1 diz que todo conteúdo que você publica pode ser usado pelo Facebook. Contudo não especificam como vão usar e nem vão lhe pagar por isso.

Já pensou aquela foto linda, ou aquele texto magnífico e inspirado que levou dias para você terminar, passar a ser seu e dele (do Facebook)…Tá certo que a licença de uso é finalizada se e quando você decidir excluir o conteúdo. Mas se o conteúdo estiver espalhado por compartilhamento, pode ficar um bom tempo zanzando por lá.

Ao contrário do que faz o Facebook,  em seu blog ou site, o conteúdo é seu e as leis de Direitos Autorais podem protegê-lo se assim for necessário. Por isso é importante deixar a licença de uso de seu material explicitada pois caso alguém republique algo indevidamente usurpando a autoria, poderá exigir remuneração por isso.

CONCLUINDO

Atualmente recomendamos que você use ambas as ferramentas. O Blog ou Site para atrelar seus conteúdos autorais a você e as redes sociais para obter o alcance desejado para expandir seus negócios.

Uma dica. Passe a reparar aquilo que você compartilha pelo seu Facebook. Se ele tiver esse formato a seguir, você está compartilhando algo que está no site/blog de alguma pessoa ou empresa.

Sem-Título-2

capa

, , , , ,
Post anterior
Sirius – Acelerador de elétrons mais avançado do mundo
Próximo post
NOTA PÚBLICA CGI.BR

Posts Relacionados

2 Comentários. Deixe novo

A Divulgação no Facebook escala muito rápido mesmo e assim melhora muito o desempenho de qualquer venda. Obrigado!

Responder

Conteúdo bem esclarecedor, realmente devemos atrelar um blog ou site a uma fan page no Facebook amplia nosso campo de divulgação, temos mais controle sobre nossos artigos e não ficamos reféns de uma única plataforma.

Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Preencha esse campo
Preencha esse campo
Digite um endereço de e-mail válido.

Menu